INSTITUTO MIDIA ÉTNICA
Instituto Midia Étnica | IME – 10 Anos
172
page,page-id-172,page-template,page-template-full_width,page-template-full_width-php,ajax_fade,page_not_loaded,,wpb-js-composer js-comp-ver-4.2.3,vc_responsive
 

IME – 10 Anos

NOSSA HISTÓRIA

Promover a diversidade nos meios de comunicação através da presença dos negros e da sua história no conteúdo produzido nas diferentes mídias.

Instituto Mídia Étnica foi criado em Salvador-Bahia, em outubro de 2005, durante a Semana Nacional de Luta pela Democratização da Comunicação, por um grupo de jovens inquietos e inconformados com a representatividade da comunidade negra nos meios de comunicação. A intenção sempre foi, por um lado, integrar a luta pelo direito humano à comunicação, chamando atenção para aqueles mais invisibilizados e sobre os quais mais se recaía as violações da mídia. E por outro, se associar à resistência histórica do movimento social negro brasileiro e diaspórico ao racismo e suas consequências para a dignidade da população negra.

O slogan de criação do IME foi “Vamos denegrir a Mídia”, revelando a disposição em promover a diversidade nos meios de comunicação através da presença dos negros e da sua história no conteúdo produzido nas diferentes mídias. Também revelava a forma criativa e ousada de chamar atenção para a causa, provocando o debate sobre a utilização sempre negativa de palavras e expressões relacionadas à população negra.

Ao longo desses dez anos, o IME realizou muitas formações na área da comunicação, assessorou organizações da luta negra, participou de importantes debates sobre políticas públicas de combate ao racismo e pela democratização da mídia, integrou redes de compartilhamentos e cooperações internacionais, captou e difundiu tecnologias e ferramentas comunicacionais inovadoras, e produziu conteúdos, sejam vídeos, fotografias e textos, tendo como principal canal de veiculação o portal Correio Nagô, criado em 2008.

Por meio dos projetos atuais, o Instituto Mídia Étnica reafirma sua disposição em prosseguir na missão inicial, ampliando a meta e incluindo novas práticas, pois para além de denegrir a mídia, é preciso motivar pessoas, em especial, jovens negros das periferias a Comunicar, Inovar, Empreender! É isso que o futuro reserva para a população negra. O IME acredita.

ime10anos

CONHEÇA NOSSAS AÇÕES E PROJETOS